Ir para o conteúdo

Dito & Feito: É PAU PURO! – Sessão da Câmara de Manaus dispara chumbo grosso contra o prefeito David Almeida

O estopim para o festival de pauladas foi a fala do prefeito durante evento de lançamento da nova etapa do programa “Asfalta Manaus”, quando ele alertou a população a tomar cuidado” com os vereadores que elegem

Charge de Mário Adolfo

Se o prefeito David Almeida (Avante) tem um líder para defendê-lo na Câmara Municipal de Manaus, parece que ele não deu as caras na sessão desta terça-feira (7).

A orelha do chefe do executivo municipal deve ter pegado fogo de tão quente porque o que ele levou foi uma saraiva de mais de duas horas de críticas violentas da bancada oposicionista.

O estopim para o festival de pauladas foi a fala do prefeito durante evento de lançamento da nova etapa do programa “Asfalta Manaus”, na segunda-feira (6), na zona norte da capital, quando ele alertou a população a tomar “cuidado” com os vereadores que elegem.

— Cuidado quando votar, principalmente, para vereador. A pessoa que pode estar batendo na sua porta pedindo seu voto é o cara que está lhe negando uma escola reformada no seu bairro. Essa pessoa pode ser aquele que vai negar a construção de uma escola na tua comunidade. Cuidado com esses caras que só apontam o dedo no problema e quando são convocados para resolver, para solucionar, se negam. Eu vou abrir os olhos da população”, afirmou David.

Cuidado com esses caras

O recado de David tinha endereço certo:

Os vereadores que votaram contra o pedido de empréstimo de R$ 580 milhões com o Banco do Brasil.

*

— Cuidado com esses caras que só apontam o dedo no problema e quando são convocados para resolver, para solucionar, se negam –, cutucou o prefeito.

Caíram de pau

Foi o suficiente para os vereadores Lissandro Breval (PP), Caio Caio André (PSC), presidente da Casa;  Bessa (Solidariedade), Marcelo Serafim (PSB) e Professora Jacqueline (União Brasil)  caíssem de pau.

*

David foi chamado de “menino emburrado que aguenta ser contrariado”, que quando fala “transborda o quem tem no coração, rancor, perseguição,  ódio, rancor e vingança” , disparou o vereador  Raiff Mattos (DC).

Ataque ao parlamento

Para o presidente da Casa, vereador Caio André, mais uma vez o prefeito da cidade de Manaus demonstra que não é um homem afeito à harmonia.

— Não é um homem afeito às discussões. Se, porventura, qualquer pronunciamento ou qualquer votação vá de encontro ao que ele deseja acontece o que aconteceu no dia de ontem –, acusou.

Já são mais de R$ 1,7 bilhão

Caio André disse que em 2021 a CMM aprovou um empréstimo no valor de R$ 470 milhões. Já em 2022, mais uma vez foi solicitado pela Prefeitura um novo empréstimo de R$ 100 milhões e, em 2023, outro no valor de R$ 600 milhões.

*

No dia 22 de abril um novo pedido foi aprovado, durante Sessão Plenária da CMM, por 22 votos favoráveis e 17 contrários, no valor de R$ 580 milhões.

— No total, a Prefeitura de Manaus já solicitou mais de R$ 1,7 bilhão em empréstimos.

Pra onde foi a babita?

Caio André cobrou, em abril, após a aprovação para o último empréstimo, explicações sobre o uso dos recursos das três operações anteriores, realizadas no período de 2021 a 2023.

Cadê as 10 mil ruas?

Entre os problemas apresentados pelo parlamentar, está a falta de transparência nos dados exatos das 10 mil ruas que deveriam ter sido asfaltadas, de acordo com informações divulgadas nos veículos de comunicação do Executivo Municipal.

— Até esta terça-feira (07/05), apenas 2.794 ruas haviam sido asfaltadas, conforme dados do “Asfaltômetro”.

Esse cara sou eu

Marcelo Serafim  repudiou a postura de David dizendo que o prefeito gosta que as pessoas estejam sempre submissas aos seus caprichos, suas ideias e pensamentos.

*

— Quero dizer para sociedade que um desses caras que não se submetem a isso sou eu. Parafraseando (a música do Roberto),  esse cara sou eu. E continuarei sendo. Não vou me curvar  aos caprichos do prefeito – detonou.

Pequeno homem

Sarafa Jr.  lembrou que David vive dizendo que só vai falar em eleição em junho, “mas ele não se aguenta”.

—  Como vereador Raiff Matos (DC)  disse, , “a boca fala o que o coração transborda –   rancor, perseguição, mesquinharia”, coisas pequenas que vem desse pequeno homem, quase apequena a todo momento!

Livrar Manaus

Marcelo chamou o David de “arrogante e prepotente” e garantiu que os vereadores vai percorrer a cidade inteira para trabalhar contra a sua reeleição.

*

— Merece todo o nosso trabalho e dedicação para  livrar a cidade  de Manaus dessas amarras! –, cacetou o filho do ex-prefeito Serafim Correa.

Manteiga

Ao olhar para o lado e não ver nenhum aliado de David Almeida se  movimentando para defender o prefeito, o vereador bolsonarista Roberto Sabino (  ), decano da Câmara, com um fio de voz quase sumindo, fez uma espécie de “ meia defesa” de David.

*

— Oposição tem que ter, mas existem várias forma de falar. Agora, eu nunca v nada ser resolvido com brigas. Brigas não resolvem nada! – , ponderou o vereador, tentando apaziguar os ânimos.

É proibido fumar...eletrônicos

Cigarros eletrônicos podem conter substâncias tóxicas

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas, reforça que cigarros eletrônicos seguem proibidos no país pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

*

A proibição, que tem como objetivo proteger a saúde pública, está em vigor desde 2009 e abrange a fabricação, importação, comercialização e distribuição de cigarros eletrônicos em todo o território nacional.

Ilegal e faz mal

A diretora-presidente da FVS, Tatyana Amorim, ressalta a importância de respeitar essa determinação e os riscos associados ao uso desses dispositivos.

*

— Os cigarros eletrônicos podem conter substâncias tóxicas, entre elas compostos desconhecidos, e seu uso tem sido associado a vários problemas de saúde, principalmente doenças respiratórias e vasculares em geral.

Hipocrisia

O senador bolsonarista Jorge Seif, do PL de Santa Catarina, explicou sua presença na área VIP do show da cantora Madonna, no sábado (4/5), no Rio de Janeiro. Em áudio ao qual a coluna teve acesso, enviado a um amigo do senador, Seif diz ter ido à apresentação a pedido da esposa.

— Eu não sabia que seria um evento político com cenas de sexo –, disse o político de extrema direita.

Hipocrisia 2

Na verdade Seif não ficou frustrado com performance erótica da Madonna, mas   sim com a multidão fazendo L e homenageando Marina Silva, Anitta e outros famosos que ajudaram a derrubar o imbrochável.

*

—  Fui inocente, para ouvir música.  Chegou lá, virou um palco político, ideológico, partidário. Quer dizer agora que fui em Copacabana 'fazer o L', sou solidário com Anitta, com não sei mais o que, com Marina Silva, é isso?", continua.

Preço do combustível

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) divulgou nesta terça-feira (07/05), a pesquisa semanal dos preços de combustíveis em  Manaus.

Com base nos dados, há uma variação significativa nos preços dos combustíveis em diferentes regiões de Manaus.

Menor preço

O menor preço encontrado para gasolina comum foi de R$ 5,99 no Posto MCD Praça 14, na rua Emílio Moreira, n.º 1669, zona norte.

Já a gasolina aditivada foi encontrada com preço fixo de R$ 6,29 em todos os outros postos da cidade.

Etanol barato

O etanol mais econômico foi encontrado por R$ 4,09 no Posto Cotam, na avenida Buriti, 1569, no Distrito Industrial, e também no Posto Japiim, na avenida General Rodrigo Otávio, n.º 5074, zona sul.

Nardoni na rua

O Ministério Público de São Paulo entrou com recurso contra a decisão da Justiça que permitiu a saída de Alexandre Nardoni da prisão em cumprimento do regime aberto.

*

Condenado a 30 anos de prisão pela morte da filha, Isabella, o acusado deixou a penitenciária de Tremembé no fim da tarde da segunda-feira, 6.

ÚLTIMA HORA

HUMOR QUE FAZ CHORAR – Cartunista da Folha pede perdão por charge que provocou polêmica

Charge de Galvão, sobre a tragédia do RS, que casou protestos nas redes sociais

O cartunista Jean Galvão, autor de uma criticada charge sobre a enchente no Rio Grande do Sul publicada no último domingo (5) pela Folha de São Paulo, se pronunciou sobre a repercussão negativa que a obra recebeu nos últimos dias. Em uma postagem no Instagram, Jean pediu desculpas aos que se ofenderam com o conteúdo e apresentou qual foi sua intenção com o desenho.

Ao iniciar sua explicação, Jean disse que a charge não teve o efeito que ele pretendia e reconheceu que, em alguma medida, falhou na comunicação do desenho. O cartunista afirmou também que as charges nem sempre são usadas para fazer piada e deboche, mas que o sentido principal é “provocar a reflexão”.

*

Na charge publicada no último domingo, Jean desenhou uma família composta de pai, mãe, um menino e uma menina, todos sobre o telhado de uma casa ilhada pela enchente. A menina, olhando para um rio de lama, cochicha para o irmão: “Não chora, vai alagar ainda mais…”.

ORGULHO

PET a bordo: Agora eles  viajam de forma segura e confortável ao lado de seus donos

Mirem-se no exemplo. Uma nova companhia aérea inovou e vai levar cães e tutores na cabine do avião, evitando casos tristes como o do Joca, aqui no Brasil. As informações são do portal SóNotíciaBoa. A BARK Air vai começar as operações em maio, nos Estados Unidos, mas já está fazendo o maior sucesso. Lá, o cliente principal é o pet. As necessidades dos tutores ficam em segundo lugar, “permitindo-lhe viajar juntos de forma confortável e conveniente”, disseram em comunicado. Antes e durante do voo os bichinhos são tratados como reis. Escutam música, ganham guloseimas e muito mais. O primeiro voo decola de Nova Iorque no dia 23 de maio.

VERGONHA

Os deputadas federais Sâmia Bomfim (SP) e Fernanda Melchionna (RS), e o deputado Glauber Braga (RJ), todos do PSOL, entraram com uma ação na Procuradoria Geral da República (PGR) contra a fala do senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS) por elogio à ditadura militar de 1964.  No X (antigo Twitter), Mourão publicou, no dia 31 de março, data dos 60 anos do golpe militar, uma mensagem de exaltação ao  período. “A história não se apaga e nem se reescreve, em 31 de março de 1964 a Nação se salvou a si mesma!”, escreveu. Para os deputados, Mourão “exacerbou os limites da liberdade de expressão e, inclusive, a imunidade material por palavras ou opiniões”. Assim, a afirmação “não se trata de mera conotação de legítima oposição a uma força partidária ou ideologia, pelo contrário, representa o apoio e o enaltecimento a o golpe militar ocorrido em 1964, que impôs uma ditadura no Brasil”, defenderam os parlamentares.

Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes