Ir para o conteúdo

Dito & Feito: o coração valente dos Virgílio ferido de morte

A notícia chocante da morte do ex-deputado federal Arthur Bisneto correu como um rastilho. Bisneto era a terceira geração dos Carmo Ribeiro a abraçar a política

Charge de Mário Adolfo.

A notícia chocante da morte do ex-deputado federal Arthur Bisneto correu como um rastilho nas primeiras horas da tarde deste terça-feira (28).

Muita gente alimentou a esperança de ser mais uma fake news, perversidade tão comum nos dias de hoje. Mas não era. A informação foi confirmada pelo próprio pai, o ex-prefeito de Manaus e ex-senador Arthur Virgílio Neto, 78 anos, em postagem nas redes sociais.

— Meu filho Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro Bisneto morreu. Vou encontrá-lo brevemente. Você pode esperar, meu filho. Sabe que não fujo dos meus compromissos! – escreveu o ex-prefeito em suas redes sociais.

Nascido em Brasília, em 1º de outubro de 1979, Arturzinho – como também era chamado –, é filho de Arthur com Jaqueline Arduini, sua primeira esposa, que deixou Manaus após a separação, ainda no primeiro mandato de Arthur como prefeito de Manaus, no fim da década de 1980.

Política no sangue

Neto do senador Arthur Virgílio Filho, que foi líder do governo João Goulart (Jango)  e cassado pela ditadura, Arthur Bisneto era a terceira geração dos Carmo Ribeiro a abraçar a política.

*

Foi deputado estadual entre 2003 e 2014, deputado federal entre 2015 e 2019 pelo PSDB, quando elegeu-se como parlamentar mais bem votado no Amazonas, com 250,9 mil votos.

Manhãs de domingo: Arturzinho pedalando com o pai, seu maior ídolo

Idas e vindas

Em 12 de setembro de 2017, ele licenciou-se do cargo para assumir a cadeira de secretário-chefe da Casa Civil na gestão do pai dele na prefeitura de Manaus.

Reassumiu o mandato de deputado em 20 de abril de 2018 e voltou ao cargo na Casa Civil no fim de 2018.

Súplica de mãe

Liandra Alecrim Alves, uma mãe de dois filhos com  Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), ocupou a tribuna da Câmara Municipal, nesta terça-feira (29), para fazer uma súplica comovente.

*

Ela foi cobrar a aprovação da emenda legislativa para o repasse de verbas pela Prefeitura de Manaus de emendas parlamentares impositivas, de autoria do vereador William Alemão (Cidadania), ao  Instituto de Assistência Social, Saúde e Educação (IASSE).

Em nome da solidariedade

Falando em nomes das outras mães atípicas,  ela comoveu quem ouviu o seu lamento.

— Estou implorando ajuda de vocês para que essa emenda saia porque sem esses recursos não poderemos ajudar   tantas mães com crianças autistas –, disse, aos prantos, Liandra.

A dor do próximo

Comum o filho Addam ao seu lado, na tribuna, ela  lembrou que dessa verba dependem projetos como o  Tudo Azul e  a sala  de terapia ocupacional que as crianças precisam fazer.

*

— Tem uma frase que eu sempre repito: Quem sou eu para não me compadecer da dor do próximo? Então, eu peço que senhores me ajudar nessa batalha e levantar esse projeto para ajudar mais  mães de crianças autistas!

Alemão é o motivo

Na Câmara Municipal ninguém dá nomes aos bois e nem diz o motivo da emenda ser boicotada.

Mas, segundo a presidente do IASSE, Dory Lobato, uma fonte,  a  emenda estaria travada porque o projeto de Mães Atípicas é de William Alemão (Cidadania).

*

E o vereador engrossa a bancada de oposição ao prefeito David Almeida (Podemos), com  quem trava um duro combate,  sem qualquer sinal de trégua.

Politicagem desumana

Aliás, esse tipo de barreira, já deveria ter sido banida da política amazonense.

Já não cabe em pleno século 21, misturar política com projetos de assistência social. É desumano.

Esqueceram de mim

Depois da denúncia em D&F de que a rua das Papoulas, no Conjunto Tiradentes, é a única que não foi asfaltada pela Prefeitura de Manaus, permanecendo bordada de buracos, ao menos dois moradores telefonaram para o portal corrigindo a informação.

*

As ruas em que eles moram, Orquídeas e Jasmins, também continuam abandonadas, repletas de crateras e lama.

Explica aí, Seminf!

Para comprovar o que dizem, eles mandaram fotos da buraqueira que têm que driblar entrar na garagem de suas casas.

O que ninguém consegue é uma explicação plausível da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Manaus  (Seminf), dizendo qual o motivos para que alguma ruas tenham sido asfaltada – e até sinalizadas com pinturas no asfalto –, e outras não.

Quebrou, pagou!

Motorista que derrubou o semáforo de pedestre terá que pagar

O motorista que derrubou um semáforo nesta segunda-feira (27), na avenida Constantino Nery, terá que ressarcir o poder público dos prejuízos causados.

*

A decisão é do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), que realizará a substituição dos materiais danificados e acionará judicialmente o proprietário do veículo para pagar a conta.

Chama na responsa

O diretor de engenharia do IMMU, Uarodi Guedes, informou que a substituição dos equipamentos danificados será realizada o mais rápido possível para minimizar o impacto no fluxo de veículos na área.

*

— Mas a responsabilidade por danos ao patrimônio público deve ser assumida pelos infratores para evitar que os custos recaiam sobre os cofres públicos –, advertiu Guedes.

Xandão atende súplica


Depois de receber um bilhete com um “súplica”, o  ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que investigadores da Polícia Federal ouçam o ex-chefe da Polícia Civil do Rio Rivaldo Barbosa.

Agora ele lembra de Deus

Na semana passada, o delegado enviou um bilhete ao ministro no verso de uma intimação, entregue a um oficial de Justiça dentro da Penitenciária Federal de Brasília.

*

“Ao Exmo. Ministro, por misericórdia, solicito que V.Exa. faça os investigadores me ouvirem, pelo amor de Deus”, escreveu Barbosa.

Cúmplice do assassinato

Ele está preso desde o dia 24 de março sob a acusação de ter planejado o homicídio da vereadora Marielle Franco e atuado para proteger os mandantes do crime.

Jogada às feras

Após a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) usar suas redes sociais, nesta segunda-feira (27), para convocar uma manifestação pelo impeachment do presidente Lula (PT), na Avenida Paulista, em São Paulo, tanto seu “mito” Bolsonaro, quando seu líder espiritual Silas Malafaia  responderam com um sonoro “estamos fora”.

Tenho nada com isso

O imbrochável avisou a aliados que não tem qualquer relação nem apoia a manifestação a favor do impeachment do presidente Lula convocada pela deputada Carla Zambelli (PL-SP).

Vade retro, capeta!

Malafaia negou qualquer envolvimento com o ato convocado por Zambelli .

— Não apoio e não vou. Não é hora para isso. Coisa certa em hora errada é coisa errada –, disse.

ÚLTIMA HORA

A GAFE DO PAPA –  Francisco diz por engano que a seminários estão  cheios de “viadagem”. Ele usou a palavra frociaggine, sem saber de seu significada homofóbico


A imprensa italiana publicou que o papa Francisco disse em uma reunião a portas fechadas com bispos italianos que os seminários já estão "cheios de viadagem", e que “homens gays não podem ter permissão para se tornar padres, de acordo com reportagens da imprensa italiana publicadas nesta segunda-feira (27).

Os dois principais jornais do país, o La Repubblica e o Corriere della Sera, disseram que o papa usou o termo considerado homofóbico frociaggine, no original em italiano, em conversa com membros da Conferência Episcopal Italiana. Mas as palavras do pontífice foram mal interpretadas. Os bispos que foram ouvidos pelo Corriere della Sera disseram que estava claro que o pontífice "não tinha consciência" do quão ofensiva a palavra é em italiano, que não é a língua materna de Francisco. Disseram ainda que "a gafe do papa foi evidente" aos presentes.

*

Desde que foi eleito papa pelo colégio cardinalício em 2013, Francisco, 87, orientou a Igreja a uma postura mais acolhedora com fiéis LGBTQIA+. A medida mais significativa veio em dezembro do ano passado, quando o pontífice e autorizou a bênção a casais do mesmo sexo e àqueles considerados "em situação irregular", termo usado para se referir aos que estão em sua segunda união após um divórcio. Francisco, entretanto, manteve o veto ao casamento homoafetivo.

ORGULHO

Dia do Hambúrger: o xodó dos brasileiros é de dar água na boca

Celebrado em 28 de maio, o Dia do Hambúrguer é a data ideal para reunir os amigos e aproveitar o quitute em restaurantes e lanchonetes. Em Fortaleza, os apaixonados pelo lanche também podem aproveitar o momento para fugir do tradicional e provar uma série de sabores diferentes – de frutos do mar a opções vegetarianas, há hambúrgueres para todos os gostos. Segundo levantamento do iFood, aumentou em 19% as pequenas e médias (PME) hamburguerias no aplicativo de comida. Se considerar a entrada de novos estabelecimentos com foco nessa culinária, foram 3 mil novas lojas, sendo que 76% delas são PMEs. Esse crescimento reflete a quantidade de pedidos de hambúrguer, que é o item mais vendido no aplicativo. Foram 81 milhões de pedidos em 2023, uma média de 154 por minuto. O horário de maior consumo tem sido aos fins de semana à noite.

VERGONHA

Considerado o "playboy" entre os quatro filhos de Jair Bolsonaro (PL), o senador Flávio Bolsonaro (PL) ganhou as manchetes nos últimos dias ao relatar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 3/2022, que transfere a propriedade dos terrenos do litoral brasileiro da União para estados, municípios e proprietários privados. No entanto, o histórico do filho "01" de Bolsonaro, que comprou uma mansão de R$ 6 milhões de forma suspeita ao se mudar para Brasília, mostra que a PEC pode ajudá-lo em um antigo sonho: de ter uma praia para chamar de sua.

Em 1º de janeiro de 2021, em seu perfil no Instagram, Flávio Bolsonaro mostrou o alvo de sua cobiça. Uma mansão de 11 suítes, que já pertenceu à cantora Clara Nunes, com piscina, quadra de tênis, heliponto, cachoeira e praia privativas.

OUTRAS PALAVRAS

"ENTÃO NÃO ME CONTE. SE VOCÊ, QUE É O DONO DO SEGREDO, NÃO CONSEGUE GUARDÁ-LO, IMAGINE EU", Tancredo Neves, quando alguém tentou contar-lhe um segredo que ninguém podia saber.
Publicidade ENEVA
Publicidade ATEM
Publicidade TCE
Publicidade BEMOL
Publicidade UEA

Mais Recentes