Ir para o conteúdo

Dito & Feito: O PECADO DE SILAS CÂMARA

O sonho de Ícaro do deputado que tentou voar alto demais

Charge de Mário Adolfo

Cassado esta semana pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM), o deputado cassou, nesta quarta-feira (31) por captação de recursos ilícitos e abuso de poder econômico na campanha de 2022, o deputado federal Silas Câmara (Republicanos-AM) jura pela Bíblia sagrada que não cometeu crime algum e   reafirmou "compromisso com a defesa legal de seu mandato, conquistado de forma limpa e honesta".

Até aí, todo bem. Todo acusado tem direito de jurar inocência mas, no caso do líder da bancada evangélica está difícil de ser salvo. Silas é casado com a deputada federal Antônia Lúcia Câmara (Republicanos-AC) e teria contratado voos entre municípios do Amazonas e alguns com destino ao território acreano. Vejam bem: a prática, por si só, configuraria irregularidade, uma vez que os recursos eleitorais deveriam ser utilizados apenas para campanha no território amazonense.

Comício relâmpago

Tem mais uma coisa que pesa contra Silas.

O Ministério Público alega que as aeronaves permaneceram por menos de uma hora no destino.

Quer dizer, não houve nem  tempo hábil para a realização de ações de campanha.

*

A não ser que o deputado tenha realizado o tal do comício relâmpago.

Eles estão de olho...

Com uma só cajadada, o TRE também  cassou o mandato do deputado Adail Filho (Republicanos-AM), uma vez que, com a  cassação, os votos de Silas não podem ser computados para fim de quociente eleitoral. Com isso, Adail também se ferra.

Aí já tem dois suplentes deitando olho gordo nas duas vagas.

...é na boutique dele!

Nos lugares de Silas e Adail podem assumir Alfredo Nascimento (PL-AM) e Pablo Oliva (União-AM) caso o TSE confirme a decisão do Tribunal amazonense

Porto seguro

Manaus vai ganhar um novo porto, que deverá se construído na Manaus Moderna.

Quem garante é o senador Eduardo Braga (MDB-AM) depois de uma conversa de pé de ouvido com o presidente Lula.

Já não era sem tempo

Pelas contas do senador, perto de um milhão de pessoas passam por Manaus todos os anos.

— E não tem onde embarcar e desembarcar com dignidade na cidade.

Mulheres estão com Lula

A bancada feminina do Senado é mais governista do que a média dos congressistas na Casa Alta. Segundo o Radar do Congresso, ferramenta do Congresso em Foco que acompanha as votações no Legislativo federal, as senadoras têm, em média, uma taxa de governismo de 80% – acima da média geral da Casa, de 73%.

Empate na Câmara

A diferença entre gêneros se verifica apenas no Senado.

Na Câmara, homens e mulheres têm a mesma taxa média de governismo, 73%.

Briga de compadre

“Compadre  de Bolsonaro”, o  coronel Alfredo Menezes, cutucou o desafeto Alberto Neto, o “amigo do Bolsonaro”.

Depois de assistir à live onde o   ex-presidente afirma que, quando quer saber sobre fogo na floresta, “ligo para o coronel   Menezes”, o compadre comentou de peito estufado.

— É... quando o assunto é Amazônia é pra mim que o compadre liga!

Entre dois amores

Entre dois amores, Bolsonaro terá que decidir até outubro quem vai apoiar para candidato a prefeito de Manaus, já que tanto Alberto quanto Menezes são candidatos a candidato a prefeito.

Nem pro céu

Fontes ligadas ao  coronel afirmam que o ex-presidente que montar uma chapa composta pelos dois.

Alberto prefeito, Menezes vice ou vice e versa.

— Mas o coronel Menezes não quer acordo com Alberto Neto nem pra ir pro céu! – reagiu um xerimbabo do coronel.

Dia de transtorno

A  obra de alargamento da Prefeitura de Manaus na avenida Ephigênio Salles está causando transtornos e congestionando o trânsito, afetando toda a cidade.

No calor infernal ou na chuva, o aperreio é o mesmo e o trânsito est6resa até monge tibetano.

*

É compreensível a importância da obra, mas não poderia ser feita em outro horário , evitando a hora do rush?

Falta planejamento

É preocupante o fato de que as obras foram intensificadas justamente agora, no período pós-férias e de retorno do calendário escolar, o que agrava ainda mais a situação. Fica evidente a falta de planejamento.

Olha a Anne aí, gente!

Liderança petista e com uma história de vida admirável,,  Anne Moura foi o enredo da escola de samba Mocidade Independente do Coroado, que desfilou na noite desta  sexta-feira (2/02), pelo grupo de acesso A do Carnaval de Manaus 2024.

*

"O Coroado traz Anne Moura: A icamiaba, filha desse chão!" foi o tema desenvolvido pelos artistas da escola.

Anne Moura: Militante petista faz história na política e no samba

Fazendo história

Anne Moura, militante social e figura política, ganhou projeção na última eleição para o Governo do Estado ao chegar ao segundo turno como candidata à vice-governadora na chapa de Eduardo Braga.

*

— É uma honra ser homenageada pela minha escola de samba do coração, do bairro onde cresci e me fortaleci. A Mocidade Independente do Coroado é uma grande família e fazer parte desta comunidade, recebendo toda essa energia e carinho é algo único”, destacou Anne.

A caminho das urnas

Por falar em Anne, a moça está cotada como pré-candidata a prefeita de Manaus.

Em pesquisa recente, Anne desponta com 3% de intenção de voto do eleitorado manauara.

Dinheiro não é problema

O Fundo Amazônia tem R$ 3 bilhões em caixa para financiar novos projetos.

O número foi anunciado nesta quinta-feira, 1.º, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que administra o fundo, e pelo Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima.

Vaquinha milionária

Somente em 2023, o fundo recebeu R$ 726 milhões em doações de países estrangeiros, o montante é um dos maiores desde que foi criado em 2008.

Floresta em pé

Criado em 2008, durante o segundo mandato do presidente Lula, o Fundo Amazônia capta recursos estrangeiros para financiar ações de proteção da Floresta Amazônica.

*

A preservação da floresta é uma das principais bandeiras do governo Lula nas agendas no exterior.

ÚLTIMA HORA

ESTÁ VIVO? ENTÃO PROVA! –  INSS convoca 4,3 milhões de aposentados

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai convocar 4,3 milhões de aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios de longa duração para fazer a prova de vida anual. As convocações são necessárias em casos em que o cruzamento de dados não foi suficiente.

“Elas se enquadram nos casos em que o INSS não consegue fazer a comprovação de vida por não encontrar o beneficiário em nenhuma base de dados. Por conta disso, é enviada uma notificação via aplicativo Meu INSS, Central 135, e/ou notificação bancária informando que a prova de vida ainda não foi efetivada”, afirmou o INSS, por meio de nota.

De acordo com o instituto, as 4.351.557 de pessoas convocadas são nascidas nos meses de janeiro a março.

*

Destas, já foram notificadas 3.089.043 pessoas nascidas em janeiro e fevereiro. Nesta quinta-feira (1º), foi a vez de 1.262.514 que fazem aniversário em março que estão há mais de 12 meses sem realizar a prova de vida.

Os segurados que receberem a notificação devem procurar o Meu INSS ou o banco onde recebem o benefício para realizar a prova de vida.

ORGULHO

Um desafio difícil e quase impossível.Uma empresa abriu um desafio e vai pagar para quem conseguir ficar 30 dias sem o celular. O ganhador recebe, além de US$ 10 mil (aproximadamente R$ 49 mil), 3 meses de iogurte grátis da Siggi’s, a desafiante. Anima? Segundo uma pesquisa feita pelo site EletronicsHUb, os brasileiros passam, em média, 10 horas por dia no celular. Pensando no grande período que as pessoas passam nos smartphones, a marca norte-americana resolveu abrir o desafio. O celular vai ficar 30 dias trancado em um cofre e no final do mês o vencedor será recompensado. O que a empresa pretende com isso? “Acreditamos no poder de viver uma vida mais simples, com menos distrações”, disse a marca em comunicado.

VERGONHA

Zambeli quer comanda a direita com Padre Kelmon e Magno Malta

Carla Zambelli, aquela que foi colocada na geladeira pelo seu mito adorado, Jair Bolsonaro, está de volta com mais uma sessão pataquada!

A deputada participou de terça-feira (30) passada, de um evento no interior de São Paulo, em São José dos Campos, promovido pelo Foro do Brasil, o grupo criado pelo padre Kelmon, candidato à presidência da República pelo PTB em 2022. Questionada pela imprensa, se os dois trabalhavam juntos por alguma candidatura ou projeto conjunto, a deputada limitou-se a afirmar que o objetivo do evento era o de "promover a construção de uma base sólida da direita, identificar e atender às demandas da região e desenvolver estratégias para colocá-las em prática". Com uma parceria dessas, a direita nem precisa do combate de “inimigos” da esquerda. Por si só já larga detonada!

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes