Ir para o conteúdo

DITO & FEITO: OMAR AZIZ FITNESS

Remédio milagroso, cuja dose mensal custa 5 mil reais, já fez senador perder 20 quilos em nove semanas

Omar Aziz - Charge de Mário Adolfo

Um novo medicamento para perda de peso ganha fama no Congresso. Os deputados Arthur Lira e Elmar Nascimento recomendaram o Mounjaro ao senador Omar Aziz, “que diz por aí ter perdido 20 quilos em nove semanas”, publicou a Veja.

Jaques Wagner já está atrás do remédio, que está disponível nos Estados Unidos, mas ainda não chegou ao Brasil. A dose mensal custa pouco mais de 1.000 dólares (quase 5.000 reais, na cotação atual).

Como seguro morreu de velho e o desconfiado ainda está vivo, Omar fez uma consulta médica antes de mandar o Mounjaro pra dentro. O senador telefonou para o cardiologista Roberto Kalil Filho e o infectologista David Uip. Nenhum deles vetou a substância. Se depender do “santo remédio”, vai passar a usar calça Nº 42 e camisa colarinho 3.

Aprovado para diabetes

O medicamento Mounjaro, da farmacêutica Eli Lilly, foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia  25 de setembro, indicado para o tratamento contra diabetes tipo 2.

*

Com o princípio ativo  tirzepatida, o remédio tem atuação parecida com o Ozempic – que se popularizou como ferramenta para perda de peso. Assim como o Ozempic, a aplicação do Mounjaro será por meio de injeções semanais.

É preciso ter cuidado

Vale lembrar que o uso contra a obesidade não foi liberado.

— É contraindicado a pacientes que estão com o peso certo, mas querem perdem uns quilos sem motivo ou comorbidades, como diabetes ou pré-diabetes –, afirma Maria Fernanda Barca, doutora em endocrinologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Vaza, Maduro!

O ditador Maduro que tire o cavalinho da chuva.

O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, afirmou nesta segunda-feira, 11, que as Forças Armadas não vão permitir “em hipótese nenhuma” que o exército venezuelano entre em território brasileiro para invadir a Guiana.

Por aqui, não!

Segundo Múcio, uma outra hipótese avaliada pela Defesa seria a de uma invasão marítima, mas que é dificultada pela geografia da região da Guiana Essequiba, que é composta por florestas densas.

*

— Eles só chegarão pela Guiana se passassem pelo território brasileiro, e nós não vamos permitir em hipótese nenhuma –, afirmou o ministro da Defesa.

Logística difícil

A intenção do governo brasileiro de impedir o uso do território brasileiro como local de passagem para um eventual tentativa da Venezuela de invadir a Guiana cria uma dificuldade logística para as tropas de Maduro por conta das características da região.

Seu bolso

O prefeito David Almeida decidiu aumentar a tarifa do estacionamento rotativo Zona Azul.

A medida é antipática, principalmente em se tratando de festas de fim de ano, quando muita gente vai às compras e necessita muito usar o estacionamento.

Mas no Natal, David?

A cutucada no bolso do motorista vai doer. A tarifa passa de R$ 2,45 para R$ 3,98. Quem vai  se dar bem a empresa que explora o serviço.

Estilo Bolsonaro

Rezando na cartilha da extrema-direita, que nem seu amigão Jair Bolsonaro, o novo presidente da Argentina prometeu,. Javier Milei, prometeu austeridade, mas começou o governo com um ato de nepotismo.

Nepotismo

Milei modificou um decreto de 2018, editado por seu aliado Mauricio Macri, para permitir a nomeação de parentes no serviço público.

O ato teve uma beneficiária direta: sua irmã Karina Milei, escolhida a nova secretária-geral da Presidência.

Javier Milei desfila em carro aberto com a hermanita, Kartina, apontada como primeira-dama

Ven conmigo hermanita

Após a vitória nas urnas, Milei disse que a irmã colaboraria com seu governo como assessora informal, sem cargo público.

Ao tomar posse, esqueceu a promessa e assinou a nomeação dela para o primeiro escalão da Casa Rosada.

*

O novo presidente também convidou a irmã para desfilar a seu lado em carro aberto após receber a faixa no Congresso.

Barrado no baile


O ex-presidente Jair Bolsonaro tentou se infiltrar em uma foto oficial de Javier Milei com chefes de Estado presentes à sua posse, no Congresso argentino, mas acabou barrado por líderes sul-americanos.

Barrado no baile 2

Presentes no evento, Luis Lacalle Pou (Uruguai), Santiago Peña (Paraguai), Gabriel Boric (Chile) e Daniel Noboa (Equador) manifestaram contrariedade ao cerimonial da posse.

*

Eles disseram  que seria imprópria a presença na imagem de um ex-chefe de Estado, ainda mais adversário interno do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

ÚLTIMA HORA

KASSAB FAZ PREVISÃO PARA – “Eu acho muito difícil o Lula perder a reeleição”

Lula já desponta como um dos líderes mais respeitados internacionalmente

O presidente do PSD (Partido Social Democrático) e secretário de Governo e Relações Institucionais do Estado de São Paulo, Gilberto Kassab, afirmou nesta segunda-feira (11) ser muito improvável uma derrota do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em uma candidatura para a reeleição em 2026.

"Eu acho muito difícil o Lula perder a reeleição. Vai ter que errar muito", analisou o ex-prefeito de São Paulo (SP), durante evento promovido pela corretora XP Investimentos. "Passado um ano de mandato do presidente, hoje existem embates e divergências, mas há diálogo e as coisas têm avançado na velocidade em que desejamos", destacou.

*

Kassab avalia que o ambiente político "está mais calmo" do que o apresentado nos últimos anos.

— Tem mais diálogo e mais harmonia, o que é muito positivo –, destaca ao recordar que o ano passado foi marcado por "tensão e embates".

ORGULHO

Amor de mãe: Nágela Almeida gerou um filho para o próprio filho, Luan Victor, casado com Bruno Pinheiro

Nágela Almeida, de 57 anos, é mãe de Luan Victor Lima. Quando ele e o marido, Bruno Pinheiro, decidiram ter filho, ela sugeriu ser o útero solidário. A mulher sempre sonhou em ser vovó e o filho, sempre sonhou em ser pai. Depois de vários exames, os três concordaram fazer a fertilização in vitro.  Os dois jovens se conheceram no Hospital São José (HSJ), em Fortaleza, na época da residência médica. Segundo o G1, a criança foi gerada no ventre da mãe e  mesmo prematura, nasceu saudável e já está em casa nos braços dos papais.  “Levi veio para mostrar que o amor sempre vence”, disse Luan ao G1.

VERGONHA

Palpite infeliz: Betty Faria pediu desculpas pela frase reacionária e discriminatória

E a Betty Faria hein? A atriz  decidiu se desculpar após dizer que os bandidos responsáveis pelos crimes no Rio de Janeiro “são os filhos do Bolsa Família que não fez controle de natalidade”. A frase foi escrita pela atriz na última quinta-feira (7/12) ao compartilhar uma notícia do jornal O Globo sobre o alto índice de ataques no bairro da zona sul, do Rio de Janeiro.

No Instagram, ela pediu desculpas e disse que fez um comentário “insensível e impróprio”.

— Compreendo que palavras têm poder e podem afetar pessoas, e por isso lamento profundamente qualquer dor que minhas palavras possam ter causado –, começou na legenda de um post no qual uma pomba branca aparece com um ramo no bico. A atriz pontuou ainda que tem “compromisso com a verdade, a justiça e o bem-estar de nossa comunidade” e pontuou que essa foi uma situação isolada. “Esse deslize não reflete quem sou e nem o que acredito” –, garantiu

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes