Ir para o conteúdo

Dito & Feito - Uma guerra perto de casa

A BR-174 será porta de entrada para guerra entre Venezuela e Guiana

Charge de Mario Adolfo

Nós que estamos acostumados a só ouvir falar em guerra “bem longe daqui”, dessa vez poderemos ser surpreendidos por conflito “ aqui ao lado”. A BR-174, que liga Manaus a Boa Vista (RR), poderá ser a estrada de acesso da tropas da Venezuela e da  Guiana, na guerra  pelo controle de Essequibo, um território reivindicado pelos dois países.

E sabe por que isso? Porque a fronteira entre Venezuela e a região de Essequibo é predominantemente formada por floresta densa, o que dificulta o deslocamento de tropas e viaturas blindadas.

—  A fronteira entre a Venezuela e a Guiana é muito grande, mas uma parte substantiva dela consiste em floresta, com poucas regiões de acesso com característica de cerrado –, analisa  Augusto Teixeira, professor visitante do Departamento de Estudos da Guerra da King's College London.

Segundo os especialistas, as poucas áreas que estariam disponíveis na divisa para uma incursão venezuelana permitem apenas o uso de poucas forças de infantaria a pé. Por isso, uma ação mais ampla teria que passar pelo território brasileiro, onde há rodovias que permitiriam a locomoção.

— Por terra, a opção da Venezuela seria se deslocar pela Ruta 10 e ingressar no Brasil, descendo até a BR-174 – , diz Ronaldo Carmona, professor de geopolítica da Escola Superior de Guerra (ESG).

Tanques em terras indígenas

O perigo dessa guerra pode se ainda maior para os povos indígenas da Amzônia.

Seguindo o caminho descrito pelos analistas, na fronteira entre Roraima e Essequibo os municípios mais sensíveis são Bonfim e Normandia, essa última na região da Terra Indígena Raposa Serra do Sol.

*

Já na divisa entre Venezuela e Brasil, Pacaraima, no norte de Roraima, é a cidade usada para tráfego.

AM-010 agora vai

O Governo do Amazonas divulgou nesta sexta-feira (08) que a AM-010, estrada que Liga Manaus a Itacoatiara “está 100% trafegável”.

É o que se espera, pois até o início do mês de novembro a estrada apresentava trechos em condições perigosas para o trânsito de veículos.

*

A situação foi constatada por uma equipe do portal que percorreu a AM-10.

Tomara que sim

Segundo informe da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra),já foram executados 160 quilômetros de primeira capa asfáltica e os outros 90 quilômetros estão com obras em andamento.

*

“De modo que, atualmente a rodovia encontra-se totalmente trafegável ao longo dos seus 250,40 quilômetros de extensão”, garante a Seinfra.

Filha da floresta

No show pelos 65 anos da Bossa Nova, que aconteceu nesta quinta-feira (07) no Studio 5, a cantora  Leila Pinheiro explicou por que renova seu prazer de cantar todas as vez que se apresenta em Manaus:

*

—  É porque estou cantando aqui, na minha região!

Talvez poucos soubessem, mas Leila é paraense, de Belém.

Menescal e Leila estão há 30 anos na estrada cantando a Bossa Nova 

Ela e Menescal

Ao lado de um do maiores nomes da Bossa Nova, o compositor  Roberto Menescal, Leila está na estrada com esse show há 30 anos, cantando Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Carlinhos Lira, João Donato, Marcos Valle e outros.

Conta aí, Menescal!

E foi na apresentação desta quinta-feira que ela pediu para Menescal contar a “mentira” que deu certo.

— Cota aí, Menescal, aquela mentirinha que você inventou para me trazer pra Bossa Nova.

— Eu falei “ Leila, vem pra Bossa Nova”.

E Ela:

— Mas quem vai querer assistir eu catando Bossa Nova em pleno carnaval no Rio de janeiro?

*

— Mas acabou cantando e nunca mais parou. Já rodou o mundo inteiro – completa Menescal.

— Já fomos até pro Japão! Foi a mentirinha do Menescal que deu certo –, riu a cantora.

Boca no trombone

O deputado federal pelo Amazonas, Amon Mandel (Cidadania-AM) colocou a boca no trombone na COP28.

O parlamentar fez uma denúncia  para aa Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a qualidade do ar na Amazônia.

Amom Mandel culpa o poder público pela violação de " direitos universais"

Omissão generalizada

No documento, Mandel diz que há uma “contínua e sistemática violação dos direitos ao ar limpo, à vida, saúde, bem-estar e ao meio ambiente saudável e sustentável sofrida pela população da Amazônia” como “resultado de omissões generalizadas do Estado brasileiro“.

Entregou todo mundo

Na denúncia, Amon culpa  Lula, Wilson Lima e até  David Almeida.

O deputado pede que as autoridades exijam providências do governo federal e dos governos dos Estados do Amazonas e do Pará, além da Prefeitura de Manaus.

*

— Para  que eles adotem “urgentemente” medidas para “fazer cessar e prevenir violações futuras dos direitos universais apresentados e que, eventualmente, reparem o dano causado à saúde coletiva e ao meio ambiente.”

Ibama detona garimpo

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Polícia Federal (PF) detonaram a ação de garimpeiros ilegais em Manaus (AM), inutilizando os motores de cinco dragas atracadas no centro da capital amazonense.

Taca fogo

Batizada de Tempestade Aurífera, a operação contou com o trabalho de especialistas da PF no manuseio de explosivos, para a destruição de cinco das oito dragas interceptadas.

*

Também foram apreendidos equipamentos como paquímetros, balanças de precisão, trical (pó utilizado para fundição de ouro), trical fundido, bateia e carpetes.

Ouro do crime

Além disso, foram apreendidos diversos documentos relatando que as embarcações estavam sendo utilizadas na extração ilegal de ouro na região do Japurá, Puré e Puretê, no Amazonas.

Profissão perigo

A Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) –  organização que representa jornalistas de todo o mundo –contabilizou 94 jornalistas mortos até agora em 2023, a maioria na guerra Israel-Hamas, que vitimou mais profissionais do que qualquer outro conflito em mais de 30 anos.

Mais de um morto por dia

Na guerra entre Israel e o grupo islâmico palestiniano Hamas, iniciada em 7 de outubro, foram mortos 68 jornalistas, mais de um por dia, segundo a FIJ.

*

O número representa 72% de todas as mortes ocorridas este ano nos meios de comunicação social de todo o mundo.

*

A organização que representa jornalistas de todo o mundo manifestou profunda preocupação com o número de profissionais da comunicação social mortos no exercício de funções em 2023.

Grana esquecida

O Banco Central (BC) emitiu o alerta. Ainda estão disponíveis para resgate cerca de R$ 7,5 bilhões por meio do Sistema de Valores a Receber (SVR). Os dados se referem a outubro deste ano.

Corra que dá tempo

Por meio desse serviço, é possível consultar se pessoas físicas ou empresas têm algum dinheiro “esquecido”  em bancos, consórcios ou outras instituições financeiras.

*

De acordo com o BC, R$ 6 bilhões estão disponíveis para 40,6 milhões de pessoas, enquanto R$ 1,5 bilhão podem ser resgatados por 3 milhões de empresas.

SBT leva a melhor

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou a ação trabalhista movida de Rachel Sheherazade contra o SBT.

A notícia foi divulgada inicialmente pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

*

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) condenou a emissora a pagar R$ 8 milhões por fraude, alegando que o contrato com um jornalista foi previsto como Pessoa Jurídica (PJ) em vez de CLT.

Sheherazade X Sílvio Santos

Rachel Sheherazade, demitida em agosto de 2020, ingressou com a ação judicial em março de 2021, buscando uma indenização inicial de R$ 20 milhões do SBT.

*

Ela alegou não ter recebido direitos trabalhistas, como férias remuneradas e 13º salário, durante os nove anos e sete meses em que trabalhou na empresa.

DIA 9 DE DEZEMBRO – Governo Lula cria grupo para combater a corrupção

A Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal (PF) decidiram integrar parte dos esforços empenhados no combate ao desvio de recursos públicos.

Nesta quinta-feira (7), o ministro da CGU, Vinícius Marques de Carvalho, e o diretor-geral da PF, Andrei Augusto Passos Rodrigues, assinaram uma portaria conjunta que cria o Grupo Integrado de Enfrentamento aos Crimes de Corrupção e Desvio de Recursos Públicos.

— Firmamos, hoje, uma importante parceria – comentou o ministro –,  ao assinar o acordo, durante evento em comemoração ao Dia Internacional contra a Corrupção, comemorado em 9 de dezembro.

*

Com ações coordenadas,  CGU e PF pretendem abordar as complexas faces do fenômeno da corrupção,  aumentando a capacidade de detecção.

— E, quanto maior for nossa capacidade de descobrir ilícitos, menores serão os incentivos para que agentes públicos ou privados atuem de forma ilegal –, acrescentou Vinícius, explicando que a parceria possibilitará que CGU e PF criem mais um canal de diálogo e estreitem os laços a fim de construir estratégias conjuntas.

ORGULHO

Noah Alef, indígena Pataxó, faz sucesso nas passarelas por sua beleza

Noah Alef, de 23 anos, é um indígena Pataxó que vem fazendo sucesso como modelo nas passarelas internacionais.

O brasileiro tem um currículo de peso com várias grandes marcas. O rapaz, mostrado no Só Notícia Boa, já representa 7 agências em todo o mundo. No Brasil, o Pataxó é agenciado pela Way Model, mesma agência de Sasha Meneghel, Carol Trentini e Alessandra Ambrósio. Ele passou pela SPFW e já foi destaque duas vezes no desfile da Emporio Armani, em Milão, sem abandonar suas origens. Noah é um militante e defensor da causa indígena.

VERGONHA

O  fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, foi considerado culpado por roubar clientes da corretora de criptomoedas em colapso


Se a lista de “Under 30” da Forbes chama atenção por revelar os nomes de empresários, gigantes da tecnologia e celebridades mais promissoras do mundo com até 30 anos, agora os holofotes ficam com um novo mural da revista norte-americana que ninguém desejaria integrar: o Hall of Shame – traduzido para “Hall da Vergonha” – dos bilionários. A ideia da Forbes é destacar os nomes que já entraram na lista de “Under 30” e que tenham, de alguma forma, se tornado uma “vergonha” para a revista — seja por fraudes financeiras bilionárias ou qualquer outro motivo.

Inicialmente, a publicação pretende incluir 10 nomes dos quais se arrependeu de um dia já ter homenageado — mas a intenção é incluir novos personagens com o passar dos anos.

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes