Ir para o conteúdo

Pista do aeroporto de Manaus volta a operar 24 horas

Nos últimos 4 meses foram realizados investimentos na infraestrutura da pista com foco na segurança e eficiência das operações aeroportuárias

A partir desta terça-feira (9), o Aeroporto de Manaus volta a operar 24 horas após a conclusão da fase de obras de maior impacto na pista de pouso e decolagem. Nos últimos 4 meses foram realizados investimentos na infraestrutura da pista com foco na segurança e eficiência das operações aeroportuárias.

Entre as intervenções realizadas na pista estão melhorias no nivelamento, drenagem e sinalização. As obras no entorno da pista continuam até junho deste ano, mas sem afetar as operações de pouso e decolagem. Em paralelo, outras ações estão em andamento no terminal de passageiros, com a otimização e adequação de espaços. Até outubro, os usuários terão um aeroporto mais confortável, moderno e eficiente.

As obras de infraestrutura estão previstas no Contrato de Concessão assinado com a Agência Nacional da Aviação Civil – ANAC. A Concessionária dos Aeroportos da Amazônia, membro da Rede VINCI Airports, assumiu a gestão do Aeroporto de Manaus há pouco mais de dois anos, e assim que iniciou as operações realizou uma série de melhorias imediatas, seguidas da execução do plano de obras, que está em andamento.

A Diretora-Presidente da Concessionária dos Aeroportos da Amazônia, Karen Strougo, destaca: “Integramos a infraestrutura do Aeroporto de Manaus em 2022 com a necessidade de realizar intervenções urgentes para garantir a continuidade operacional e a segurança de pousos e decolagens. Apesar de todos os desafios impostos, a nossa prioridade foi planejar e alinhar todos os envolvidos, para garantir que as obras programadas tivessem o menor impacto nos voos e na experiência dos passageiros. Seguiremos firmes com as obras da pista e do terminal para garantir a estrutura aeroportuária que o Amazonas merece. Queremos assegurar o melhor das nossas operações do ponto de vista da segurança e do ambiente para responder aos melhores padrões internacionais.”

Publicidade TCE
Publicidade UEA
Publicidade CMM

Mais Recentes